Economia 11º Ano – Balança Corrente

Resumo da Balança Corrente:
Balança Corrente: contabiliza os pagamentos e recebimentos resultantes de transacções com não residentes em bens, serviços, rendimentos e transacções correntes;
A Balança Corrente está dividida em: Balança de Bens (mercadorias ou comercial), Balança de Serviços, Balança de Rendimentos, Balança de Transferências Correntes;

Balança de Bens: registam-se os fluxos monetários correspondentes às exportações e importações de bens;
Saldo da Balança de Bens: deficitário (e < i), superavitário (e > i), nulo (e = i);
Taxa de Cobertura:permite avaliar a capacidade de uma economia pagar as suas importações com o valor das suas exportações, TC = exportações/importações x 100 (valor > 100, saldo positivo; valor < 100, saldo negativo; valor = 100, saldo nulo,);
Grau de Abertura ao Exterior: permite calcular o peso do comércio externo no total da produção realizada pelo país GAE = e+i/PIBpm x 100;
Divisa: moeda aceite como meio de pagamento nas trocas internacionais;
Taxa de Câmbio: quantidade de moeda nacional necessário dar por uma unidade de moeda estrangeira;

Balança de Serviços:regista as trocas de serviços com não residentes. Esta balança engloba, viagens e turismo, transportes, serviços de comunicação, serviços de construção, seguros, serviços financeiros, serviços de informação e informática, direitos de utilização (direitos de autor), entre outros;

Balança de Rendimentos: contabiliza os fluxos de rendimentos obtidos por residentes junto de entidades residentes fora do país e os rendimentos obtidos por não residentes dentro do país. Esta balança engloba, rendimentos de trabalho temporário, rendimentos de investimento directo, investimento de carteira, outros rendimentos (pagamento/recebimento de juros relativos a empréstimos);

Balança de Transferências Correntes: contabiliza as operações unilaterais em que uma entidade económica fornece um recurso real ou um elemento financeiro a outra entidade sem receber qualquer recurso real ou elemento financeiro em troca. Esta balança engloba, remessas de imigrantes, remessas de emigrantes, transferências da União Europeia, fluxos relativos à cooperação entre Estados, pensões de emigrantes (quando estes regressam ao país);
– Transferências públicas: são aquelas que envolvem o Estado português;
– Transferências privadas: são aqueles que envolvem outros residentes que não o Estado português, mesmo que provenientes de estados ou organizações internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *