Economia 11º Ano – Protecionismo

Protecionismo: é uma política económica que defende a intervenção do Estado no que respeita à proteção das industrias nacionais contra a concorrência externa;
– O Protecionismo não é contra a abertura da economia nacional ao exterior e adopta medidas que levam a que esse comércio se processe de forma distorcida com o objetivo de favorecer a economia nacional;
Instrumentos do Protecionismo:
Barreiras alfandegárias:são entraves às importações, levantado nas fronteiras entre os países, estas podem ser:
Barreiras tarifárias: baseiam-se em tarifas ou custos, que se adicionam aos bens importados, tornando-os mais caros e menos competitivos relativamente aos bens nacionais: Como exemplo temos os Direitos Aduaneiros;
Barreiras não tarifárias: consiste na fixação de contingentes (volumes/quantidades) de importação. Como exemplo temos a Contigentação;
Subsídios à exportação: têm como função encorajar as empresas a aumentar a sua produção para o mercado internacional;
Dumping: consiste na venda de produtos nacionais para o mercado externo a preços inferiores práticos no território nacional;
Desvalorização da Moeda: com a aplicação desta medida as importações ficam mais caras, pois,com a desvalorização da moeda, as outras moedas tornam-se mais caras e os bens importados tornam-se mais caros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *