Exame Nacional de Economia – Unidade 2

1. Em 2014, a Ana gastou 5000 euros em despesas de alimentação e 20 000 euros nas restantes despesas de consumo, não tendo efetuado qualquer poupança. Em 2015, o rendimento disponível da Ana aumentou 10%, em termos nominais, e a sua poupança manteve-se nula. De acordo com a lei de Engel, será de esperar que, em 2015, a Ana tenha gastado

(A) 20% do seu rendimento disponível em despesas de alimentação.
(B) 75% do seu rendimento disponível em despesas de consumo não alimentares.
(C) mais de 25% do seu rendimento disponível em despesas de alimentação.
(D) mais de 80% do seu rendimento disponível em despesas de consumo não alimentares.

2. Considera-se que existe um consumo final quando os bens são

(A) incorporados pelos produtores no processo produtivo de bens essenciais.
(B) utilizados pelas famílias na satisfação das suas necessidades.
(C) incorporados pelas indústrias no processo produtivo de bens duradouros.
(D) utilizados pelas empresas ao longo de vários ciclos produtivos.

3. A vigilância das águas territoriais portuguesas, efetuada pela Marinha Portuguesa, com o objetivo de garantir a segurança dos cidadãos residentes, satisfaz uma necessidade

(A) intermédia.
(B) terciária.
(C) coletiva.
(D) individual.

[…]

Aqui estão apenas as três primeiras questões do exame, no Scribd podem consultar e guardar a ficha completa com todas as questões (sete no total) e as respectivas soluções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *