Filosofia 11.º Ano – Contraexemplo de Bertrand Russell à teoria Crença Verdadeira Justificada: o caso do relógio fiável

Russell refere um relógio muito fiável que está numa praça. Esta manhã olhas para ele para saberes que horas são. Como resultado ficas a saber que são 9:55. Tens justificação para acreditar nisso, baseado na suposição correta de que o relógio tem sido muito fiável no passado. Mas supõe que o relógio parou há exatamente 24 horas, apesar de tu não o saberes. Tens a crença verdadeira justificada de que são 9:55, mas não sabes que esta é a hora correta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *