Filosofia 11.º Ano – David Hume: Impressões, Ideias, Princípio da Cópia

Descrição e Interpretação da Atividade Cognoscitiva
– O Empirismo de David Hume
• Impressões
• Ideias

Impressões, percepções que apresentam maior grau de força e vivacidade.
• Nas Impressões estão incluídas as sensações, as emoções e as paixões, enquanto experiências vividas pelo sujeito.
• A percepção de algo presente aos sentidos é sempre mais viva do que a sua representação.

Ideias, representações das impressões, ou seja, são as imagens enfraquecidas das impressões, nunca alcançando vivacidade, intensidade e força iguais às destas últimas.

O Princípio da Cópia, as ideias derivam das impressões. Não só cada ideia deriva de determinada impressão, como não podem existir ideias das quais não tenha havido uma impressão prévia. As ideias são cópias das impressões e, por isso não existem ideias inatas.

Exemplo:
• Impressão: Cor de uma flor que os olhos veem; Dor de dentes vivida.
• Ideia: Memória dessa cor; Lembrança da dor de dentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *