Filosofia 11.º Ano – Questões de Exame Nacional: Descartes e Hume

Questões de Exame Nacional de Filosofia
– O racionalismo de René Descartes e o empirismo de David Hume

– Questões de Escolha Múltipla:

1 – Hume considera que:

(A) as impressões são cópias das ideias.
(B) as ideias são cópias das impressões.
(C) não há distinção entre impressões e ideias.
(D) não há relação entre impressões e ideias.

2 – Descartes considera que o cogito é um conhecimento especialmente seguro, porque é:

(A) obtido por um processo a priori.
(B) imune ao próprio processo de dúvida.
(C) confirmado pela experiência.
(D) o fundamento do conhecimento.

3 – Imagine que decide submeter as suas ideias ao teste da dúvida proposto por Descartes. Qual das ideias seguintes seria a mais resistente à dúvida?

(A) Ao longe, uma ave cruza o céu.
(B) Toco com as mãos numa folha.
(C) Não estou a flutuar no espaço.
(D) O quadrado tem quatro lados.

4 – De acordo com Hume, as ideias acerca da natureza só estão adequadamente justificadas quando se apoiam

(A) no princípio da uniformidade da natureza.
(B) na razão.
(C) na experiência.
(D) em argumentos indutivos fortes.

5 – Identifique o par de termos que permite completar adequadamente a afirmação seguinte.
A dúvida cartesiana é _______; por isso, Descartes não é um filósofo _______.

(A) metódica … cético
(B) cética … empirista
(C) metódica … racionalista
(D) hiperbólica … empirista

– Questão de Desenvolvimento:

1. Leia o texto.
Existe uma espécie de ceticismo, anterior a qualquer estudo ou filosofia, muito recomendado por Descartes e outros como sendo a soberana salvaguarda contra os erros e os juízos precipitados.
Este ceticismo recomenda uma dúvida universal, não apenas quanto aos nossos princípios e opiniões anteriores, mas também quanto às nossas próprias faculdades, de cuja veracidade, diz ele, nos devemos assegurar por meio de uma cadeia argumentativa deduzida de algum princípio original que seja totalmente impossível tornar-se enganador ou falacioso. Mas nem existe qualquer princípio original como esse, […] nem, se existisse, poderíamos avançar um passo além dele, a não ser pelo uso daquelas mesmas faculdades das quais se supõe que já suspeitamos.
D. Hume, Investigação sobre o Entendimento Humano, Lisboa, IN-CM, 2002, pp. 161-162

5.1. Explicite a crítica de Hume, apresentada no texto, ao ceticismo «recomendado por Descartes».
5.2. Distinga, no que respeita à fundamentação do conhecimento, a perspetiva racionalista de Descartes da perspetiva empirista de Hume.

Fonte: IAVE, consultado a 12 de junho de 2017

4 comentários em “Filosofia 11.º Ano – Questões de Exame Nacional: Descartes e Hume”

    1. Boa tarde Mariana,
      a resposta à escolha múltipla 4 é a opção C) na experiência.

      Bom estudo,
      Hugo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *