Filosofia 11.º Ano – Thomas Kuhn: Críticas à Conceção Kuhniana de Ciência

Críticas à conceção kuhniana de ciência:

Incomensurabilidade dos paradigmas

> O facto de os paradigmas serem incomensuráveis implica a impossibilidade de os comparar e avaliar objetivamente.
> Cada paradigma representa um modo totalmente diferente de encarar os problemas e propor soluções, não havendo hipótese de partilha, cooperação ou diálogo entre eles.
>Assim, alguns críticos acusam Kuhn de ser relativista.

– Adoção de um novo paradigma

> O critério para justificar a adoção de um novo paradigma é considerado «irracional» por alguns autores.
> A adesão a um novo paradigma ocorre por conversão (quase religiosa) de todos os cientistas – como se se tratasse de uma questão de fé – ao novo paradigma.
> Este processo traduz a ideia de que a atividade científica é irracional (o que põe em causa o valor da ciência).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *