Geografia 10º Ano – Radiação Solar

Conceitos essenciais para a Unidade 2 “A radiação solar”:
A acção da atmosfera sobre a radiação solar
– A principal fonte de energia da Terra é o Sol;
– A energia solar radiante chega à superfície através de ondas electromagnéticas: raios ultravioleta, raios luminosos, raios infravermelhos;
Nem toda a energia solar recebida no limite superior da atmosfera chega a superfície da terra, perde-se devido a vários processos: absorção, reflexão, difusão;
Absorção: parte da energia solar é absorvida através do ozono, vapor de água, dióxido de carbono;
Reflexão: a energia solar ao incidir sobre um corpo sofre uma mudança de direcção, sendo reenviada para o espaço;
Albedo: é a parte de energia reflectida por um corpo, em relação à energia incidente;
Difusão: existe a dispersão da radiação solar em todas as direcções que é provocada pelas moléculas dos gases atmosféricos e partículas;
Radiação solar global: é a relação entre a radiação difusa (energia que atinge indirectamente a superfície terrestre) e a radiação directa (energia recebida na superfície terrestre directamente do Sol);
Efeito de estufa: alguns gases atmosféricos como o vapor de água e o dióxido de carbono absorvem grande parte da radiação terrestre, reenviando-a para a superfície terrestre. Como consequência, a temperatura à superfície terrestre é
Variação da radiação solar: inclinação dos raios solares, latitude, dia natural, insolação, relevo;
Variação anual da radiação solar: está relacionada com o movimento de translação da Terra e da inclinação do eixo terrestre em relação ao plano da eclíptica (solstício, equinócios);
A distribuição geográfica da radiação solar em Portugal: a radiação solar aumenta de norte para sul e de oeste para este;
Factores explicativos da distribuição geográfica da radiação solar em Portugal: latitude, aproximação/afastamento do mar, continentalidade, altitude, Cordilheira Central;
Isotérmicas: linhas que unem lugares com a mesma temperatura média;
Valorização e aproveitamento da radiação solar: energia solar, turismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *