História 11.º Ano – O mercantilismo francês e o mercantilismo inglês

Mercantilismo: doutrina económica que vigorou nos séculos XVI, XVII e XVIII, segundo a qual a riqueza e o poderio de um país assentavam na quantidade de metais preciosos de que este dispunha.
Medidas mercantilistas:
• Balança comercial positiva;
• Proteccionismo económico (leis pragmáticas);
• Fomento da produção industrial (manufacturas);
• Regulamentação do comércio externo.

Mercantilismo francês: implementado por Colbert durante o reinado de Luís XIV. A sua politica económica tinha como base o desenvolvimento das manufacturas como meio de substituir as importações de produtos estrangeiros por produtos franceses e às pautas aduaneiras proteccionistas.
Características do mercantilismo francês:
• criação de novas indústrias;
• importação de novas técnicas;
• recurso à mão de obra estrangeira;
• criação de manufacturas reais;
• Controlo da actividade industrial;
• Desenvolvimento da frota mercante e da marinha de guerra.

Mercantilismo inglês: implementado por Cromwell, era um mercantilismo mais flexível que o francês, por exemplo, o sistema fiscal e aduaneiro adaptava-se à conjuntura económica (proteccionista em tempos de crise e livre trânsito em situações de retoma económica).
Características do mercantilismo inglês:
• Valorização da Marinha e do sector comercial;
• Actos de Navegação;
• Exclusivo colonial;
• Política de expansão comercial;
• Companhias monopolistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *