História 11º Ano – O Terramoto de 1755

Eram 9 horas e 40 minutos da manhã do dia 1.º de Novembro, o dia de Todos-os-Santos, quando um fortíssimo terramoto abalou a cidade, logo seguindo por gigantescas vagas que se ergueram do Tejo varrendo tudo à sua passagem.
Cerca de 10 mil mortos jaziam nos escombros, sendo incontável o número de ferido. Os incêndios destruíram o que restava de pé. Nada se salvou de 55 conventos, 35 igrejas, 33 palácios da nobreza e dos 6 hospitais existentes na cidade. O Paço da Ribeira, com todas as suas riquezas, ficou totalmente arrasado.
No meio do caos e do pânico, só Carvalho e Melo e alguns oficiais da corte enfrentaram a catástrofe. Mandaram sepultar os cadáveres, distribuir mantimentos e executar os salteadores.

Fonte: História Oito, Porto Editora

Documentário: Conta-me História – Terramoto de 1755

Fonte: História De Portugal , RTP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *