História 11º Ano – Portugal – Dificuldades e Crescimento Económico

Síntese da matéria: Portugal – dificuldades e crescimento económico
Crise comercial portuguesa entre 1670 e 1692: concorrência de franceses, ingleses e holandeses na produção de açúcar e tabaco, politica proteccionista de Colbert, baixa dos preços dos produtos coloniais portugueses, efeitos da crise espanhola de 1670 – 1680;
Mercantilismo em Portugal: estabelecimento de fábricas com privilégios, contratação de artífices estrangeiros que trouxeram novas técnicas, publicação das “pragmáticas”, desvalorização monetária, criação de companhias monopolistas;
Descoberta do ouro brasileiro: descoberta de minas de ouro (1690) e de diamantes (1729), reinado de D. João V vivia acima das suas possibilidades, as pragmáticas não eram respeitadas, regresso à actividade comercial, movimento dos Bandeirantes;
Tratado de Methuen: assinado em 1703,no qual os ingleses compravam vinhos portugueses com vantagem competitiva em relação aos vinhos franceses (redução das taxas alfandegarias), por outro lado os portugueses, compravam lanifícios ingleses sem qualquer restrição;
Política económica pombalina:concessão de privilégios às industrias existentes, criação das manufacturas da Covilhã e Portalegre, introdução dos têxteis de algodão, industria do vidro da Marinha Grande, fomento de vários sectores da indústria, contratação de estrangeiros, lei das pragmáticas, criação de companhias monopolistas, fortalecimento da Burguesia, Aula do Comércio, Junta do Comércio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *