Geografia 7.º Ano – Escolhas Múltiplas: Caudal, Rede Hidrográfica, Colinas e Agentes Internos.

1. Seleciona com um círculo (0) a opção correta.

1.1. Caudal é a

(A) quantidade de água que passa numa secção do rio, por segundo (m² /s).
(B) quantidade de água que passa numa secção do rio, por segundo (m3 /s).
(C) Quantidade de água que passa numa secção do rio, por minuto (m3 /s).

1.2. Rede hidrográfica é…

(A) a linha de interflúvio, que separa as várias bacias hidrográficas.
(B) a área drenada por um rio principal e pelos seus tributários.
(C) o conjunto formado por um rio principal e pelos seus afluentes e subafluentes.

1.3. As colinas são formas de relevo…

(A) de média ou elevada altitude, superior a 200 metros, com topos relativamente planos.
(B) arredondadas e de altitude geralmente inferior a 400 metros.
(C) de elevada altitude, normalmente superior a 1000 metros, com vertentes inclinadas.

1.4. Agentes internos são

(A) . a água, as diferenças de temperatura e os seres vivos que, além de a desgastarem, transportam e acumulam os materiais daí resultantes.
(B) movimentos da crosta terrestre, que originam erupções vulcânicas, que desgastam, transportam e acumulam os materiais daí resultantes
(C) movimentos da crosta terrestre, que originam erupções vulcânicas responsáveis pela formação de algumas montanhas.
.
.
.
.
.

Soluções:
1.1. A
1.2. C
1.3. B
1.4. A

Geografia 10º Ano – Os recursos do subsolo

Conceitos fundamentais da Unidade 2 “Os recursos do subsolo”:

As áreas de exploração dos recursos minerais: maciço antigo, orlas sedimentares (ocidental e meridional), bacias do Tejo e do Sado;
Minerais metálicos: cobre (Neves-Corvo, Aljustrel) , volfrâmio (Panasqueira), ferro, estanho;
Minerais não metálicos: sal-gema (Leiria, Lisboa, Faro), quartzo e Feldspato (Norte, Centro, Alentejo),caulino (litoral Norte);
Rochas industriais: areias, calcário, argilas (um pouco por todo o país);
Rochas ornamentais: mármore (Borba – Estremoz – Vila Viçosa), granito (Portalegre, Évora);
Águas minerais: naturais, gaseificadas ou não, ricas em sais minerais, propriedades terapêuticas (Vila Real, Viseu, Braga);
Águas de nascente: consumo diário, sem qualidades terapêuticas (Norte, Centro);
Águas termais; fins terapêuticos, estâncias termais, turismo termal (Norte, Centro);
A exploração e distribuição dos recursos energéticos: carvão, petróleo, gás natural, urânio,energia geotérmica;
Os problemas na exploração dos recursos do subsolo: custos de exploração,fraca acessibilidade, qualidade do minério, dimensão das empresas, indústria transformadora a jusante da extracção, novos produtos, dependência externa, impactes ambientais;
Novas perspectivas de exploração e utilização dos recursos do subsolo: redimensionamento das empresas, desenvolvimento da indústria transformadora, requalificação ambiental, investir nos subsectores com maior potencial, recursos renováveis, eficiência energética.