Economia 10.º Ano – Exercícios: Produtividade Marginal

1- Observe o quadro ao seguinte referente à empresa Economia A.

tabela produtividade marginal

1.1. Complete o quadro
1.2. O que é e para que serve a produtividade marginal?
1.3. Qual a combinação ótima dos fatores de produção da empresa? Porquê?
1.4. Qual a diferença, numa empresa, entre combinação ótima dos fatores de produção e dimensão ótima?
1.5. O que é necessário calcular para se encontrar a dimensão ótima de uma empresa?

Soluções: Continuar a ler Economia 10.º Ano – Exercícios: Produtividade Marginal

Economia 10.º Ano – Questões de Exame Nacional: Unidade 3 – A Produção de Bens e Serviços

Questões de Exame Nacional de Economia A
Unidade 3 – A Produção de Bens e Serviços

Questões de Escolha Múltipla:

1. Numa empresa com 100 trabalhadores e 10 máquinas, são produzidas mensalmente 500 unidades do bem X. Se a empresa contratar mais um trabalhador, mantendo-se tudo o resto constante, a produção eleva-se para 507 unidades mensais. A produtividade marginal do trabalho é de…

(A) 5 unidades mensais.
(B) 0,5 unidades mensais.
(C) 7 unidades mensais.
(D) 5,07 unidades mensais.

2. A taxa de desemprego traduz…

(A) a percentagem de desempregados relativamente à população activa.
(B) a percentagem de inactivos relativamente à população total.
(C) o número total de desempregados existentes num certo momento.
(D) o número total de inactivos existentes num certo momento.

3. A população activa de um país é constituída…

(A) por toda a população empregada desse país.
(B) por toda a mão-de-obra disponível para a produção.
(C) pelos empregados e pelas donas de casa.
(D) pelos trabalhadores por conta de outrem.

4. Se, a longo prazo, verificarmos que a quantidade produzida de um bem aumenta 10% e que os custos totais de produção aumentam 20%, podemos afirmar que estamos perante

(A) rendimentos marginais crescentes.
(B) economias de escala.
(C) deseconomias de escala.
(D) rendimentos marginais constantes.

5. O capital circulante de uma empresa inclui-se no

(A) capital fixo e é constituído pelos bens de produção não duradouros.
(B) capital fixo e é constituído pelos bens de produção duradouros.
(C) capital técnico e é constituído pelos bens de produção duradouros.
(D) capital técnico e é constituído pelos bens de produção não duradouros.

Questão de Desenvolvimento:

1. Uma empresa produtora de mochilas escolares elaborou um plano de produção mensal, tendo calculado
os valores da produtividade marginal do trabalho que se apresentam no Gráfico 3.

Descreva, com base no Gráfico 3, o comportamento da produtividade marginal do trabalho, e identifique a
lei que se verifica quando a empresa produtora de mochilas escolares emprega 5 ou mais trabalhadores.

Fonte: IAVE, consultado a 6 de junho de 2017

Economia 10º ano – A produção de bens e serviços

Conceitos essenciais para a Unidade 3 “A produção de bens e serviços”:
Bens: tudo aquilo que tem a capacidade para satisfazer as nossas necessidades;
Classificação dos Bens: natureza (Bens materiais, Bens imateriais), função (Bens de produção, Bens de consumo), duração (Bens duradouros, Bens não duradouros), relações entre si (Bens sucedâneos, Bens complementares);
Processo produtivo: é a combinação dos diversos factores de produção que leva à obtenção do produto final;
Sectores de actividade: sector primário, sector secundário, sector terciário;
Factores de produção: recursos naturais (renováveis, não renováveis), trabalho (população activa, população inativa, taxa de actividade, desemprego, taxa de desemprego, formação ao longo da vida), capital (capital técnico, capital financeiro, capital humano, capital natural);
Combinação dos factores de produção: substituibilidade, divisibilidade, complementaridade, produtividade, racionalidade económica, eficiência;
Lei dos Rendimentos Decrescentes: quando aumentamos a quantidade de um factor produtivo e mantemos os outros factores constantes, isto leva ao aumento da produtividade marginal até a um determinado ponto, a partir do qual a produtividade marginal começa a decrescer;
Custo de produção: custo total, custo fixo, custo variável, custo médio;
Economias de escala: diminuição do custo médio a longo prazo em resultado do aumento da dimensão de uma empresa e do respectivo processo produtivo;
Deseconomias de escala: aumento do custo médio a longo prazo em resultado da expansão execessiva da dimensão de uma empresa e do respectivo processo produtivo.