Economia 11º Ano – Estado Liberal e Estado Intervencionista

Estado liberal, conceito que surgiu no século XVIII, devido às diversas revoluções liberais existentes em Inglaterra e em França;
Princípios do Estado Liberal::
• Propriedade privada;
• Redução do poder político;
• Igualdade perante a lei;
• Funcionamento de forma livre no mercado.

A crise no Estado Liberal:
Finais do Século XIX, com a forte e crescente industrialização de alguns países mundiais, Inglaterra, França, Alemanha, E.U.A. e Japão, onde o lucro e a produção eram o mais importante em detrimento do estado dos operários fabris (viviam em bairros de lata, tinham inúmeros acidentes de trabalho, eram mal pagos);
I Guerra Mundial, deixou a Europa destruída a nível económico e social. Para a sua recuperação, foram muito importantes os empréstimos, as importações (a crédito) e outros fundos disponibilizados pelos E.U.A.. Assim, teve início os loucos anos 20, no qual a Europa vivia acima das suas possibilidades.
Grande Depressão de 1929 que teve início na quinta-feira, 24 de outubro de 1929 com o Crash de Wall Street.

– O economista John Keynes, defende como resposta à crise, que o Estado deve intervir/investir em determinadas áreas, nomeadamente social e económica, e com isso criaria mais emprego que geraria mais rendimento.
Neste contexto, surge o New Deal onde o Estado americano fez um forte investimento nas grandes obras públicas com a dupla função, baixar o desemprego e modernizar o país.

Estado intervencionista: período em que o Estado passou a ter uma acção mais directa e tomou medidas de natureza económica e social;
Princípios do Estado intervencionista:
Condução de políticas anticrise;
Elaboração de um planeamento de características indicativas;
• Constituição de um sector público empresarial;
Regulação da actividade económica;
Fiscalização dos agentes económicos;
Dinamização da economia;
• Criação de um sistema de Segurança Social, de subsídios de incapacidade, de subsídio de desemprego. Estas medidas deram origem ao Estado-providência.

Economia 11º Ano – A intervenção do Estado na actividade económica

No sub-capítulo “A intervenção do Estado na actividade económica”, optei por separar as diferentes temáticas por outros tantos posts.

Publicado
Estado liberal e Estado intervencionista;
Funções económicas e sociais do Estado;
Instrumentos de intervenção económica e social do Estado;
Orçamento de Estado;

Não Publicado
– Despesas e receitas públicas;
– Equilíbrio orçamental – Dívida pública;
– Políticas económicas e sociais.