Exame Nacional de Geografia 2021 – 2.ª Fase – União Europeia, cidades sustentáveis

Exame Nacional de Geografia 2021 – 2.ª Fase – Versão 1
Questão 8

8. A União Europeia está a promover várias iniciativas para tornar as cidades mais sustentáveis e eficientes.

Uma cidade, para melhorar o seu nível de eficiência e sustentabilidade, pode apostar em estratégias como:
A – o reforço da mobilidade urbana sustentável;
B – a redução da produção de resíduos urbanos.

Selecione uma das estratégias, A ou B. De acordo com a estratégia selecionada, apresente duas medidas, explicando de que modo contribuem para melhorar a eficiência e a sustentabilidade das cidades.

Correcção: Aqui
Fonte: Iave, consultado a 15 de setembro de 2021

Exame Nacional de Geografia 2021 – 2.ª Fase – Política de Coesão da União Europeia

Exame Nacional de Geografia 2021 – 2.ª Fase – Versão 1
Questão 7

7. O novo quadro da Política de Coesão da União Europeia para 2021-2027 apela à construção de uma Europa mais social, apoiando o emprego de qualidade, a educação, as competências, a inclusão social e a igualdade de acesso aos cuidados de saúde.
Fonte: https://portugal2020.pt (consultado em novembro de 2020). (Texto adaptado)

Proponha duas medidas, justificando de que modo podem contribuir para a concretização de uma Europa mais social.

Correcção: Aqui
Fonte: Iave, consultado a 15 de setembro de 2021

Exame Nacional de Geografia 2021 – 1.ª Fase – União Europeia, Número médio de horas de trabalho, por trabalhador e por semana, nos Estados-Membros da UE, População (dos 25 aos 64 anos) com ensino superior e produtividade no trabalho, nos Estados-Membros da UE

Exame Nacional de Geografia 2021 – 1.ª Fase – Versão 1
Questão 8

8. Na Figura 5A, está representado o número médio de horas de trabalho habitualmente prestado por semana e por trabalhador nos Estados-Membros da União Europeia (UE), em 2019.
Na Figura 5B, está representada a população dos 25 aos 64 anos com ensino superior e a produtividade no trabalho, nos Estados-Membros da UE, em 2019.

8.1. Identifique as duas afirmações verdadeiras que podem ser comprovadas pela análise das Figuras 5A e 5B.
I.  Os Países Baixos e a Dinamarca são exemplos de Estados-Membros que registam menor número médio de horas de trabalho semanal.
II. Os trabalhadores da UE que auferem salários mais elevados são os que têm maior produtividade.
III. Mais de 50% dos Estados-Membros da UE têm uma produtividade no trabalho superior à média da UE.
IV. Os Estados-Membros da UE que têm um maior número médio de horas de trabalho semanal são os que registam maior produtividade no trabalho.
V. A maioria dos Estados-Membros com menor percentagem de população com ensino superior apresenta uma produtividade no trabalho inferior à média da UE.

8.2. A afirmação seguinte é verdadeira.
«Os indicadores relativos à qualificação dos europeus evidenciam disparidades espaciais.»

Apresente, justificando, duas prioridades de apoio financeiro da UE, com vista à diminuição destas disparidades.

8.3. A produtividade no trabalho em Portugal pode aumentar, através de medidas como
(A) o investimento tecnológico nas empresas.
(B) o prolongamento do horário laboral.
(C) a criação de empresas intensivas em mão de obra.
(D) a redução do número de dias consecutivos de férias.

8.4. Portugal tem registado um aumento no nível de escolarização da população e um aumento da emigração de mão de obra qualificada.

Justifique a emigração de mão de obra qualificada para outros países da União Europeia, referindo duas razões.

Correcção: Aqui
Fonte: Iave, consultado a 15 de setembro de 2021.