Filosofia 11.º Ano – Silogismo Categórico Regular

– Classificação das proposições categóricas
Silogismo Categórico Regular

Silogismo categórico regular, representa uma forma particular de argumento dedutivo.
• Trata-se de um argumento formado por três proposições categóricas, no qual as duas primeiras – as premissas -, se segue necessariamente a terceira – a conclusão -, desde que o argumento seja válido.
– Se o raciocínio for válido, existe uma necessidade lógica entre as premissas e a conclusão,o que significa que, aceitando as premissas, somos obrigados a aceitar a conclusão.

– Silogismo categórico regular é formado por três e só três proposições, designadas:
• Premissa Maior, contém o Termo Maior (P) e o Termo Médio (M).
• Premissa Menor, contém o Termo Menor (S) e o Termo Médio (M).
• Conclusão, faz a ligação entre o Termo Maior e o Termo Menor.

– Classificação dos Termos é feita com base na função que eles desempenham nas proposições em que se encontram. Deste modo:
Termo Maior, é sempre o Predicado da Conclusão.
Termo Menor, é sempre o Sujeito da Conclusão.
Termo Médio, serve de Intermediário do Termo Maior e do Termo Menor, permitindo a passagem das premissas à conclusão. O Termo Médio, encontra-se nas Premissas e não se encontra na Conclusão.

– Os dois primeiros termos, Maior e Menor, são chamados de Termos Extremos.

– Tabela resumo da Classificação dos Termos:

– Exemplo da estrutura do Silogismo categórico regular:

Filosofia 11.º Ano – Distribuição dos Termos

– Classificação das proposições categóricas
– Distribuição dos Termos

– Um termo (sujeito ou predicado) se encontra distribuído quando é tomado universalmente, isto é, quando é tomado em toda a sua extensão.
– Um termo (sujeito ou predicado) não se encontra distribuído quando não é tomado universalmente, isto é, quando é tomado apenas em parte da sua extensão.

– Distribuição do Sujeito e Distribuição do Predicado:

Filosofia 11.º Ano – Quadro de Oposição das Proposições

– Quadro de Oposição das Proposições
– Subalternas, Contrárias, Subcontrárias, Contraditórias

Filosofia 11.º Ano – Tipos de Proposições

– Classificação das proposições categóricas
– As quatro formas lógicas

Tipo A, o predicado é afirmado de todos os elementos da classe que o sujeito representa.
Tipo E, o predicado é negado de todos os elementos da classe que o sujeito representa.
Tipo I, o predicado é afirmado apenas de uma parte dos elementos da classe que o sujeito representa.
Tipo O, o predicado é negado apenas de uma parte dos elementos da classe que o sujeito representa.

Tipo de Proposição – Forma Lógica
• Tipo A – Universal Afirmativa – Todo o S é P
• Tipo E – Universal Negativa – Nenhum S é P
• Tipo I – Particular Afirmativa – Algum S é P
• Tipo O – Particular Negativa – Algum S não é P

Filosofia – Proposições

– A dimensão discursiva do trabalho filosófico
– Proposições

Proposições, corresponde a um modo especifico de relacionar termos.
– A Proposição estabelece uma relação de afirmação ou negação entre termos, podendo tal relação ser considerada Verdadeira ou Falsa.
– Só as frases declarativas é que expressam Proposições.
As Proposições podem ser:
Categóricas, aquelas que afirmam ou negam sem restrições nem condições.
Condicionais, aquelas que afirmam ou negam sob determinadas condições.
Disjuntivas, aquelas que afirmam ou negam em forma de alternativas que se excluem.
– Em relação à quantidade, uma Proposição pode ser:
Universal, quando o sujeito da proposição é tomado em toda a sua extensão.
Particular, quando o sujeito da proposição é tomado apenas numa parte na sua extensão.

Juízo, é a operação mental que está subjacente à formação de proposições e que permite estabelecer essa relação.

Sujeito, é o ser a quem se atribui o predicado, o termo relativamente ao qual se afirma ou nega algo.

Predicado, é aquilo que se diz do sujeito, podendo ser afirmado ou negado.

Cópula, é o elemento que permite a união do sujeito e do predicado.