Exame Nacional Geografia 2018 – 1.ª Fase: Fajã dos Cubres

15. A Fajã dos Cubres, na ilha de São Jorge, no arquipélago dos Açores, ilustrada na Fotografia A, é considerada uma área de paisagem protegida e está classificada como Sítio de Importância Internacional, atendendo às particularidades geográficas, ambientais e culturais. Nesta fajã, encontra-se uma zona húmida em contacto direto com o mar.

15.1. Identifique as formas de relevo litoral que, na Fotografia A, correspondem à letra M e à letra H.

15.2. Áreas do território como a ilustrada na Fotografia A apresentam potencialidades para um
desenvolvimento sustentável, que pode ser conseguido através de atividades económicas como

(A) o ecoturismo, devido à atratividade das condições geomorfológicas e biológicas.
(B) a extração de inertes, devido aos depósitos rochosos de origem vulcânica no sopé da vertente.
(C) a aquicultura intensiva, devido ao ambiente natural propício à cultura de moluscos e crustáceos.
(D) a salicultura, devido aos elevados quantitativos de precipitação ao longo do ano.

16. Na Região Autónoma dos Açores, existem Zonas Especiais de Conservação (ZEC) e Zonas de Proteção Especial (ZPE) que integram a Rede Natura 2000 devido

(A) à paisagem criada pela existência de vulcanismo ativo.
(B) ao valor social e cultural das paisagens naturais.
(C) à valorização turística das zonas de proteção terrestre e marítima do litoral.
(D) ao valor científico associado à conservação da flora e da fauna selvagem.

No Scribd podem consultar e guardar a ficha e as respectivas soluções.