Geografia – Exercícios de Preparação para o Exame Nacional: A população, como se movimenta e comunica

Grupo I

Leia atentamente o texto que se segue.

1. A Europa apresenta um Índice de Desenvolvimento das TIC (IDI)

(A) insuficiente.
(B) ainda fraco, mas com taxas de crescimento muito rápidas.
(C) razoável.
(D) elevado, com vários países a ocuparem lugares cimeiros no ranking mundial.

2. A Agenda Digital para a Europa constitui uma das sete iniciativas emblemáticas ao abrigo da

(A) Estratégia Europa 2020.
(B) Estratégia de Lisboa.
(C) Rede Ciência, Tecnologia e Sociedade (RCTS).
(D) STAR – Ação Especial no Campo das Tecnologias para o Desenvolvimento Regional.

3. Podemos considerar que o decisivo marco que o Governo português fez na dinamização de uma sociedade da informação e do conhecimento

(A) foi o arranque para o QCA I.
(B) foi o arranque para o QCA II.
(C) foi o arranque para o QCA III.
(D) foi o arranque do QREN (Quadro Comunitário de Apoio 2007-2013).

[…]

Aqui estão apenas as três primeiras questões de preparação para o exame, no Scribd podem consultar e guardar a ficha completa com todas as questões (oito no total) e as respectivas soluções.

Geografia 11.º Ano – Transportes: Aeroporto do Montijo.

7 grandes números do novo aeroporto no Montijo
Com a “luz verde” da Agência Portuguesa do Ambiente, o novo aeroporto do Montijo tem tudo pronto para avançar. Conheça sete grandes números deste projeto.

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) disse “OK” à reconversão da Base Aérea n.º 6 num novo aeroporto comercial no Montijo, que deverá complementar a capacidade do atual Aeroporto Humberto Delgado. Era o último passo visto como crucial para a obra arrancar. Conheça sete grandes números do projeto.

2022
Estima-se que o novo aeroporto do Montijo comece a operar em 2022, segundo o acordo fechado entre o Governo e a ANA – Aeroportos de Portugal, que é controlada pelos franceses da Vinci. A intenção passa pela reconversão da atual base aérea num aeroporto comercial, para complementar o aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa.

1,3 mil milhões de euros
É o montante total que a ANA se comprometeu a investir até 2028 no novo aeroporto do Montijo. O valor inclui não só a reconversão da base onde atualmente está instalada a Força Aérea como também a expansão do atual aeroporto de Lisboa.

Notícia completa: 7 grandes números do novo aeroporto no Montijo
Fonte: Eco, consultado a 23 de fevereiro de 2020.

Geografia 11.º Ano – Rede Rodoviária Nacional

– A população, como se movimenta e comunica
• Rede Rodoviária Nacional

– Rede Rodoviária Nacional

Plano Rodoviário Nacional
“Um dos fatores estruturais mais importantes para uma harmoniosa política de ordenamento do território é, sem dúvida, o modo como se encontra organizada a Rede Nacional de Estradas, o que se traduz na existência de um PLANO RODOVIÁRIO NACIONAL, que constitui o instrumento regulador das infra-estruturas rodoviárias nacionais, optimizando as condições da ocupação do solo e do ordenamento do território, tendo sempre subjacente a minimização dos impactes ambientais, o interesse público e o das populações em particular.”

Rede Fundamental, é constituída pelos Itinerários Principais (IP), onde se incluem as Autoestradas que asseguram a ligação entre os principais centros urbanos com influência supradistrital e com os principais portos, aeroportos e fronteiras. Esta rede está integrada na Rede Internacional, permitindo uma ligação mais rápida ao centro da Europa.

Rede Complementar, é constituída pelas estradas que fazem a ligação entre a rede fundamental e os centros urbanos de influência concelhia ou supraconcelhia e pelas estradas que asseguram a ligação dentro das Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto. Os Itinerários Complementares (IC) estabelecem ligações intermédias.
» Na Rede Complementar incluem-se as Estradas Nacionais (EN), dividas em duas categorias: Estradas Regionais (ER) e Estradas Municipais (EM).

Figura n. 1 – Mapa da Rede Rodoviária Nacional
estradas-portuguesas
Fonte: Infraestruturas de Portugal, consultado a 5 de fevereiro de 2017