Preparação para o Exame Nacional de Filosofia: Regras do Silogismo

1.A. Percurso A
Teste a validade do seguinte argumento, aplicando as regras do silogismo.
Nenhum kantiano é utilitarista.
Alguns filósofos são kantianos.
Logo, alguns filósofos não são utilitaristas.

Resposta: Continuar a ler Preparação para o Exame Nacional de Filosofia: Regras do Silogismo

Preparação para o Exame Nacional de Filosofia: Argumentos e Falácias

2. Leia o seguinte excerto do Diálogo dos Grandes Sistemas, escrito por Galileu Galilei no século XVII, em
que as personagens Salviati e Simplício discutem a teoria aristotélica acerca do movimento.

Texto A

SALVIATI – […] Espanta-me […] que não vos apercebais que Aristóteles supõe o que precisamente
está em questão. Ora notai…
SIMPLÍCIO – Suplico-vos, Senhor Salviati, falai com mais respeito de Aristóteles. A quem
convenceríeis, aliás, de que aquele que foi o primeiro, o único, o admirável explicador da forma
silogística, da demonstração, das refutações, […] de toda a lógica, em suma, tenha podido cair num
erro tão grave como o de supor conhecido o que está em questão?
Galileu Galilei, Diálogo dos Grandes Sistemas (Primeira Jornada), Lisboa, Publicações Gradiva, 1979

1.1. Nomeie a falácia cometida por Aristóteles, segundo Salviati.
1.2. Nomeie o tipo de argumento utilizado por Simplício.

2. Leia o seguinte exemplo de uma falácia, apresentado por Carl Sagan.

Texto B

Não há nenhuma prova indiscutível de não haver OVNI a visitar a Terra; por conseguinte, os
OVNI existem – e há vida inteligente algures no universo.
Carl Sagan, Um Mundo Infestado de Demónios, Lisboa, Publicações Gradiva, 1997

Identifique a falácia presente no texto.
Justifique a resposta.

Resposta: Continuar a ler Preparação para o Exame Nacional de Filosofia: Argumentos e Falácias

Filosofia 11.º Ano – Falácias no Silogismo Categórico

Falácias no Silogismo Categórico:

Falácia dos Quatro Termos, quando se infringe a 1.ª regra segundo a qual o silogismo tem três termos e só três termos.
Falácia do Termo Médio não Distribuído, quando se infringe a 3.ª regra segundo a qual o termo médio deve ser tomado pelo menos uma vez em toda a sua extensão.
Falácia da Ilícita Maior, quando o termo maior se encontra distribuído na conclusão e não na premissa, infringindo-se a 4.ª regra segundo a qual nenhum termo pode ter maior extensão na conclusão do que nas premissas.
Falácia da Ilícita Menor, quando o termo menor se encontra distribuído na conclusão e não na premissa, infringindo-se a 4.ª regra segundo a qual nenhum termo pode ter maior extensão na conclusão do que nas premissas.

Nota: Para uma melhor compreensão das Falácias no Silogismo, devem ler a publicação anterior “Filosofia 11.º Ano – Regras da Validade do Silogismo Categórico”.

Filosofia 11.º Ano – Regras da Validade do Silogismo Categórico

Regras de validade do silogismo categórico:

1.ª Regra – O silogismo tem três termos, e só três termos: o termo maior, termo menor e o termo médio.
2.ª Regra – O termo médio nunca pode estar na conclusão.
3.ª Regra – O termo médio deve ser tomado pelo menos uma vez em toda a sua extensão, ou seja, tem que estar distribuído pelo menos uma vez.
4.ª Regra – Nenhum termo pode ter maior extensão na conclusão do que nas premissas.
5.ª Regra – A conclusão deve seguir sempre a parte mais fraca, ou seja, o termo menor, na conclusão, surge primeiro que o termo maior.
6.ª Regra – De duas premissas negativas nada se pode concluir.
7.ª Regra – De duas premissas particulares nada se pode concluir.
8.ª regra – De duas premissas afirmativas não se pode extrair uma conclusão negativa.

– Da 1.ª Regra até à 4.ª Regra, inclusive, dizem respeito aos termos.
– Da 5:ª Regra até à 8.ª Regra, dizem respeito às proposições.

Filosofia 11.º Ano – Silogismo Categórico Regular

– Classificação das proposições categóricas
Silogismo Categórico Regular

Silogismo categórico regular, representa uma forma particular de argumento dedutivo.
• Trata-se de um argumento formado por três proposições categóricas, no qual as duas primeiras – as premissas -, se segue necessariamente a terceira – a conclusão -, desde que o argumento seja válido.
– Se o raciocínio for válido, existe uma necessidade lógica entre as premissas e a conclusão,o que significa que, aceitando as premissas, somos obrigados a aceitar a conclusão.

– Silogismo categórico regular é formado por três e só três proposições, designadas:
• Premissa Maior, contém o Termo Maior (P) e o Termo Médio (M).
• Premissa Menor, contém o Termo Menor (S) e o Termo Médio (M).
• Conclusão, faz a ligação entre o Termo Maior e o Termo Menor.

– Classificação dos Termos é feita com base na função que eles desempenham nas proposições em que se encontram. Deste modo:
Termo Maior, é sempre o Predicado da Conclusão.
Termo Menor, é sempre o Sujeito da Conclusão.
Termo Médio, serve de Intermediário do Termo Maior e do Termo Menor, permitindo a passagem das premissas à conclusão. O Termo Médio, encontra-se nas Premissas e não se encontra na Conclusão.

– Os dois primeiros termos, Maior e Menor, são chamados de Termos Extremos.

– Tabela resumo da Classificação dos Termos:

– Exemplo da estrutura do Silogismo categórico regular: