Geografia 7.º Ano – Clima de Região Autónoma dos Açores: Clima temperado marítimo

Açores – Clima temperado marítimo:

• Temperaturas médias anuais amenas;
• Amplitude térmica anual relativamente fraca;
• Verões amenos e Invernos suaves;
• Precipitações abundantes.


Figura 1 – Clima temperado marítimo – Região Autónoma dos Açores
Fonte: Porto Editora

Geografia 7.º Ano – Clima de Região Autónoma da Madeira: Clima temperado mediterrâneo

Madeira – Clima temperado mediterrâneo:

• Temperaturas médias anuais amenas;
• Amplitude térmica anual fraca;
• Verões quentes, longos e secos;
• Invernos curtos e suaves;
• Precipitações escassas e irregulares.


Figura 1 – Clima temperado mediterrâneo – Região Autónoma da Madeira
Fonte: Porto Editora

Geografia 7.º Ano – Clima de Portugal: Clima temperado mediterrâneo

Clima temperado mediterrâneo:

• Temperaturas médias elevadas no verão e suaves no inverno;
• Amplitude térmica anual moderada;
• Verões muito quentes, longos e secos;
• Invernos curtos e suaves;
• Precipitações escassas e irregulares.


Figura 1 – Clima temperado mediterrâneo – Portugal Continental
Fonte: Porto Editora

Geografia 7.º Ano – Clima de Portugal: Clima temperado mediterrâneo de influência continental

Clima temperado mediterrâneo de influência continental:

• Temperaturas médias elevadas no verão e baixas no inverno;
• Amplitude térmica anual acentuada;
• Verões muito quentes;
• Invernos frios e longos;
• Precipitações menos abundantes que na faixa litoral.


Figura 1: Clima temperado mediterrâneo de influência continental – Portugal Continental
Fonte: Porto Editora

Geografia 7.º Ano – Clima de Portugal: Clima temperado mediterrâneo de influência de altitude

Clima temperado mediterrâneo de influência de altitude:

• Verões muito frescos;
• Invernos rigorosos;
• Amplitude térmica anual moderada;
• Precipitações abundantes (em forma de neve durante vários meses).

clima portugal continental relevo altitude mediterraneo
Figura 1: Clima temperado mediterrâneo de influência de altitude – Portugal Continental
Fonte: Porto Editora

Geografia 7.º Ano – Clima de Portugal: Clima temperado mediterrâneo de influência marítima

Clima temperado mediterrâneo de influência marítima
• Temperaturas médias amenas;
• Amplitude térmica anual baixa;
• Verões relativamente frescos;
• Invernos pouco rigorosos;
• Precipitações abundantes, em especial no outono e inverno.


Figura 1 – Clima temperado mediterrâneo de influência marítima – Portugal Continental
Fonte: Porto Editora

Geografia 7.º Ano – Clima de Portugal

Apesar da sua reduzida dimensão, Portugal apresenta diferenças climáticas ao longo do seu território:

– Portugal continental:
• Clima temperado mediterrâneo de influência marítima;
• Clima temperado mediterrâneo de influência continental;
• Clima temperado mediterrâneo de influência de altitude;
• Clima temperado mediterrâneo.

– Região Autónoma da Madeira• Clima temperado mediterrâneo.

– Região Autónoma dos Açores • Clima temperado marítimo.

Preparação para o Exame Nacional de Geografia: Radiação Solar

1. Classifique, como verdadeira ou falsa conda uma das seguintes afirmações. Corrija as
afirmações consideradas falsas mantendo-as na afirmativa.
a) Sem o efeito de estufa não seria possível o aquecimento da camada inferior da atmosfera nem a manutenção de uma temperatura média mais ou menos constante.
b) Nas regiões localizadas entre os 40º e os 90º de latitude há um défice energético.
c) As vertentes voltadas a norte, em Portugal, têm maior insolação, pois estão mais tempo expostas à radiação solar d, por isso, designam-se por encostas soalheiras.
d) De um modo geral, as regiões do interior apresentam uma amplitude térmica anual superior à que se verifica nas regiões do litoral.

Soluções: Continuar a ler Preparação para o Exame Nacional de Geografia: Radiação Solar

Geografia 10.º Ano – Exercícios de Preparação: Exame Nacional de Geografia

Os gráficos termopluviométricos representam o regime térmico e pluviométrico de duas estações meteorológicas localizadas em Portugal.

1. Os regimes térmicos e pluviométricos representados nos gráficos são característicos de um clima
(A) mediterrânico.
(B) continental.
(C) tropical.
(D) marítimo.

2. O gráfico A corresponde a uma estação meteorológica localizada no(a)
(A) norte interior.
(B) norte litoral.
(C) sul litoral.
(D) fachada norte da ilha da Madeira.

3. As características dos regimes térmicos e pluviométricos representados permitem associar os gráficos A e B, respetivamente, às seguintes estações meteorológicas
(A) Bragança e Faro.
(B) Viana do Castelo e Faro.
(C) Penhas Douradas e Ponta Delgada.
(D) Beja e Funchal.

4. O clima temperado mediterrânico de feição marítima caracteriza-se por
(A) precipitação escassa e temperaturas amenas ao longo de todo o ano.
(B) precipitação elevada no inverno e amplitude de variação térmica anual reduzida.
(C) precipitação reduzida, temperaturas moderadas no inverno e elevadas no verão.
(D) precipitação elevada no inverno e outono e amplitude de variação térmica anual elevada.

5. Diz-se que um mês é seco quando o valor de precipitação
(A) é superior ou igual ao valor da temperatura desse mês.
(B) é inferior ou igual ao valor da temperatura desse mês.
(C) é superior ou igual ao dobro do valor da temperatura desse mês.
(D) é inferior ou igual ao dobro do valor da temperatura desse mês.

Soluções Continuar a ler Geografia 10.º Ano – Exercícios de Preparação: Exame Nacional de Geografia

Geografia 7.º Ano – Os fatores que influenciam a temperatura

A variação da temperatura com os fatores do clima:

– Latitude
• As regiões equatoriais são as mais chuvosas;
• A precipitação diminui à medida que nos deslocamos para as regiões tropicais;
• Nas regiões polares a precipitação é escassa.

– Altitude
• A precipitação é mais abundante na encosta exposta ao vento.

– Continentalidade e proximidade do mar
• Regiões próximas do mar apresentam mais humidade e por isso maior precipitação.

– Correntes Marítimas
•As correntes marítimas são deslocamentos horizontais e verticais de grandes extensões das águas oceânicas.
•Dependendo do lugar de origem, podem ser: quentes, se forem provenientes das regiões equatoriais e tropicais; frias, se provenientes das regiões polares;
Assim, se as correntes marítimas forem quentes, a temperatura dos lugares situados no litoral por onde passam vai ser mais elevada. Pelo contrario, se forem frias, a temperatura das áreas litorais vai ser menor.

– Relevo

• À medida que a altitude aumenta a temperatura diminui.
• A diminuição da temperatura em altitude deve-se:
•• à maior rarefação do ar, isto é, à menor concentração de gases e de partículas sólidas e líquidas no ar, diminuindo, então, a absorção de radiação solar; à menor influência da radiação terrestre, pois um lugar de maior altitude está menos próximo desta fonte de calor.
• As vertentes que estão expostas a sul são designadas soalheiras e, por isso, mais quentes.