Geografia 10.º Ano – Módulo Inicial: A inserção de Portugal em diferentes espaços

Geografia 10.º Ano – Módulo Inicial

A posição geográfica insere Portugal no espaço atlântico do território, cada vez mais vasto, da União
Europeia.

portugal localização na uniao europeia europa mundo

1. Portugal localiza-se nas latitudes médias do hemisfério norte, tendo como limites aproximados
(A) 32°, na Região Autónoma dos Açores, e 6° de latitude oeste, em Portugal Continental.
(B) 30°, na Região Autónoma dos Açores, e 42° de latitude norte, em Portugal Continental.
(C) 32°, na Região Autónoma da Madeira, e 6° de latitude norte, em Portugal Continental.
(D) 30°, na Região Autónoma da Madeira, e 42° de latitude norte, em Portugal Continental.

2. As ilhas assinaladas na Fig. 1, correspondem
(A) a A, à ilha Terceira, e a B, à ilha de Porto Santo, nos Açores e na Madeira, respetivamente.
(B) a A, à ilha de S. Miguel, e a B, à ilha de Porto Santo, nos Açores e na Madeira, respetivamente.
(C) a A, à ilha de S. Miguel, e a B, à ilha da Madeira, nos Açores e na Madeira, respetivamente.
(D) a A, à ilha Terceira e a B, à ilha da Madeira, nos Açores e na Madeira, respetivamente.

3. A União Europeia, cuja primeira designação foi Comunidade Económica Europeia, surgiu em
(A) 1957 pelo Tratado de Roma.
(B) 1992 pelo Tratado de Maastricht.
(C) 1957 pelo Tratado de Amesterdão.
(D) 1962 pelo Tratado de Nice.

4. Portugal apenas aderiu à comunidade em 1986 porque
(A) pertencia a outra associação que lhe garantia uma melhor integração económica e política.
(B) o seu comércio resumia-se às trocas que mantinha com as suas colónias de África.
(C) não queria perder a situação privilegiada que detinha no comércio com as colónias.
(D) não era aceite na Comunidade por manter um regime político democrático.

5. Da Zona Euro fazem parte, entre outros países
(A) Portugal, Espanha, Itália e Polónia.
(B) França, Bélgica, Irlanda e Eslovénia.
(C) Suécia, Finlândia, Holanda e Alemanha.
(D) Áustria, França, Grécia e Reino Unido.

Soluções: Continuar a ler Geografia 10.º Ano – Módulo Inicial: A inserção de Portugal em diferentes espaços

Geografia 10.º Ano – Dados das NUTS I, NUTS II e NUTS III

População Residente, em 2011, por NUTS III

Geografia 10.º Ano – NUTS III

NUTS III:
– Alto Minho, Cávado, Ave, Área Metropolitana do Porto, Alto Tâmega, Tâmega e Sousa, Douro, Terras de Trás-os-Montes;
– Região de Aveiro, Região de Coimbra, Região de Leiria, Viseu Dão Lafões, Beiras e Serra da Estrela, Beira Baixa, Oeste, Médio Tejo;
– Área Metropolitana de Lisboa;
– Lezíria do Tejo, Alentejo Litoral, Alto Alentejo, Alentejo Central, Baixo Alentejo;
– Algarve;
– Região Autónoma da Madeira;
– Região Autónoma dos Açores.


Legenda: NUTS III

Geografia 10.º Ano – As Novas NUTS III

– Em 2013 foi concluído o último processo regular de alteração das NUTS europeias que estabelece os limites territoriais de referência para as NUTS, a partir de 1 de janeiro de 2015.

No caso de Portugal, na sequência da aprovação da Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro (que aprovou o estatuto da entidades intermunicipais), o Estado Português solicitou à Comissão Europeia um processo de revisão extraordinária da NUTS portuguesas, evocando uma reorganização da estrutura administrativa portuguesa.


Legenda: NUTS III (anteiror a 2015 e composto por trinta sub-regiões) e NUTS III (em vigor desde 2015 e composto por vinte e cinco sub-regiões.)

Geografia 10.º Ano – NUTS II – Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira

As NUT em vigor até janeiro de 2015

NUTS II é formada por sete sub-regiões:

– Cinco sub-regiões em Portugal Continental
· Norte;
· Centro;
· Lisboa;
· Alentejo;
· Algarve.

– Duas sub-regiões localizadas nas Regiões Autónomas
· Açores;
· Madeira.


Legenda: NUTS II – Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira.

Geografia 10.º Ano – NUTS I – Portugal Continental, Região Autónoma dos Açores e Região Autónoma da Madeira

As NUT em vigor até janeiro de 2015

NUTS I é formada por três sub-regiões:
– Portugal Continental;
– Região Autónoma dos Açores;
– Região Autónoma da Madeira.


Legenda: NUTS I

Geografia 10.º Ano – Nomenclatura das Unidades Territoriais para fins Estatísticos – NUTS

A Nomenclatura das Unidades Territoriais para fins Estatísticos – NUTS, foi criada pelo EUROSTAT com o INE dos diferentes países da Europa, para efeitos de análise estatística de dados, com base numa divisão coerente e estruturada do território económico comunitário. A publicação do Regulamento (CE) n.º 1059/2003 do Parlamento Europeu e do Conselho, em 26 de maio, deu enquadramento jurídico a esta nomenclatura.

A partir de janeiro de 2015, o INE vai passar a divulgar os seus indicadores referenciados a uma nova NUTS 3.

Divisão Europeia:
– Introduzida em Portugal após a adesão à União Europeia;
– Utilizada como suporte territorial para a aplicação regional dos fundos comunitários;
– A designação utilizada é de âmbito europeu – Nomenclatura das Unidades Territoriais para Fins Estatísticos (NUTS);
– As NUTS constituem o instrumento comunitário para recolha, tratamento e divulgação de estatísticas, numa base territorial razoavelmente comum aos Estados-membros, e compreendem diferentes níveis de agregação:
• nível I, correspondente ao nacional – NUTS I;
• nível II, equivalente ao regional – NUTS II;
• nível III, respeitante ao sub-regional – NUTS III.
– Em cada NUTS II, existe uma Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional(CCDR) com sede numa das principais cidades da região.

Economia 11º Ano – Trocas Comerciais entre Portugal e a União Europeia

– Trocas comerciais de Portugal com a União Europeia:
Nota: dos 28 Países-Membros da União Europeia apenas 19 adoptaram o Euro como moeda oficial.
• Portugal e os Países da Zona Euro: Alemanha, Áustria, Bélgica, Chipre, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta;
• Portugal e os Paises fora da Zona Euro: Bulgária, Croácia, Dinamarca, Hungria, Polónia, Reino Unido, República Checa, Roménia, Suécia;
– O mapa seguinte mostra os países da UE que aderiram à moeda única.
ue
Fonte: Banco Central Europeu, consultado em 23 de setembro de 2016

– A notícia seguinte é referente ao saldo da Balança Comercial Portuguesa, que mais uma vez apresentou um saldo deficitário.

As exportações e importações de bens registaram a mesma variação nos primeiros sete meses do ano, o que ditou um agravamento do défice da balança comercial.
Portugal registou um défice comercial de 5,6 mil milhões de euros nos primeiros sete meses do ano, o que representa o quarto valor mais elevado entre todos os países da União Europeia.

Artigo Completo: Portugal tem o quarto maior défice comercial da UE, consultado em 23 de setembro de 2016
Fonte: Jornal de Negócios